ALMA

FOTO BY SANN

MARI MANENTI.
DANÇARINA..

Advertisements

NO PASSADO

FOTO BY SANN

Eu fui. Mas o que fui já me não lembra:
Mil camadas de pó disfarçam, véus,
Estes quarenta rostos desiguais.
Tão marcados de tempo e macaréus.

Eu sou. Mas o que sou tão pouco é:
Rã fugida do charco, que saltou,
E no salto que deu, quanto podia,
O ar dum outro mundo a rebentou.

Falta ver, se é que falta, o que serei:
Um rosto recomposto antes do fim,
Um canto de batráquio, mesmo rouco,
Uma vida que corra assim-assim.

José Saramago, in “Os Poemas Possíveis”

URBANIDADES

FOTOS BY SANN

Um traço

Um traço
Nada mais

Qualquer gesto
Qualquer moldura
Desmantela tudo
o que este verso traz

Isso aqui é muito simples

Isso aqui não vai entrar em cartaz

É apenas um traço
Nada mais

LUZES

FOTO BY SANN

Descobri naquele instante o sentido da luz.
As centelhas bailavam ao meu redor colorindo meu céu.
Agora sim, eu era capaz de tudo entender.
Não havia mais mistérios…
O enigma deixava de existir.
Luzes brilhavam em todas as direções,
anunciando realizações e glorias.

NO MEU JARDIM

FOTO BY SANN
O coração se prepara para amar, a alma já está toda arrumada e o entusiasmo é que dá o ritmo do momento.
Como seria bom se as coisas fossem assim.
Se toda vez que viesse um amor pudéssemos estar preparados para ele, de corpo alma e coração!
A vida não pode ser comparada a um jardim, o coração sim.