Chegada…

DSCF5615
Ventos te trouxeram até aqui…
A brisa da manha anunciou a sua presença…
Seu perfume se fez sentir em minha alma,
Com tal calma que o silencio sussurrou seu nome…
No intimo de todas as sombras ,sempre vi a sua luz…
JF

Cecília…

DSCF2872 FA
Perdoa-me, folha seca,
não posso cuidar de ti.
Vim para amar neste mundo,
e até do amor me perdi.

(…)

Tu és folha de outono
voante pelo jardim.
Deixo-te a minha saudade
– a melhor parte de mim.
Cecília Meireles

Cuide-se…

Uma alma seduzida,reduzida,moldada e apagada…NUNCA devemos permitir…e sim nos permitir…nos permitir a felicidade,construirmos a nossa realidade,sem interferências negativas…Jf

Cecília…

DSCF5896 FA

#ceciliameireles

De longe te hei de amar
– da tranqüila distância
em que o amor é saudade
e o desejo, constância.

Do divino lugar
onde o bem da existência
é ser eternidade
e parecer ausência.

Quem precisa explicar
o momento e a fragrância
da Rosa, que persuade
sem nenhuma arrogância?

E, no fundo do mar,
a Estrela, sem violência,
cumpre a sua verdade,
alheia à transparência.
Cecília Meireles

Entre as flores…

DSCF6139-2

Banco de praça…
Banco dos namorados!
Banco de praça…
Banco do homem cansado…
Do homem desenganado
Da criança feliz!
Do desempregado!
Do sonhador desventurado…
Do idoso abandonado…
Viu historias passarem!
Testemunhou encontros de vida… apaixonados!
Banco de praça…JF