Vácuo…

Uma sombra em coma!
Partículas ridículas de um ser!
Sonhos perdidos em estrelas mortas…
Portas!
Visão turva de água nos olhos!
Velórios…
Certezas do nada…
Musicas de despedidas!
Luas de mel…
Fel!
Escolhas como rolhas,tampam o gargalo…
Galhos distantes,evitam o pulo!
Temos todas a certezas de um burro!
JF
DSCF2433 fa

Conclusões de quina…

O lugar do beijo é na boca!
Pouca coisa te deixa trouxa…
O errado pintado na cor roxa!
Eu sabia que a vaca era mocha,
Mesmo assim fui um trouxa!!
Almas cantadas em batidas ocas!
Sentidos comprimidos em metades frouxas!
Não poderia dar certo! Jf
DSCF2296 FA